HOME
 
GALENICA
 
PRODUTOS
 
 
ATENDIMENTO
       
 
BLOG DA SAÚDE
     
 
Pimenta-do-reino faz mal? Descubra CONQUISTE SUA VIDA
Pimenta-do-reino faz mal? Descubra

A pimenta-do-reino é uma das especiarias mais utilizadas na culinária ao redor do mundo e possui variados tipos.

Apesar de pimentas no geral não serem consumidas em larga escala no Brasil, há quem goste de investir no condimento na hora de preparar a comida para dar um sabor diferenciado às refeições.

Mas você já parou para pensar se pimenta-do-reino faz mal? Nós decidimos investigar isso com a ajuda da nutricionista Carolina Baliere! Descubra agora se o tempero possui malefícios e para quem o consumo não é indicado.

Conheça os benefícios da pimenta-do-reino

A pimenta-do-reino é uma muito apreciada por cozinheiros e também por aqueles que gostam de sabores fortes em receitas. Não apenas pelo gosto que a especiaria oferece à comida, mas também pelos inúmeros benefícios da pimenta.

Carolina afirma que o tempero tem funções antibacterianas, anti-inflamatórias e termogênicas no organismo. "A pimenta-do-reino é muito utilizada pela medicina ayurveda, pois ajuda no sistema digestivo e na absorção de nutrientes, principalmente quando colocada junto ao açafrão, que melhora o princípio ativo", diz a nutricionista.

Este tempero combate a prisão de ventre e facilita o processo de absorção dos nutrientes. Além disso, a pimenta também reduz a retenção de líquidos no corpo, potencializa o trabalho do metabolismo e auxilia na queima de calorias, o que resulta em um emagrecimento saudável.

Consumo do tempero em excesso pode resultar em mal-estar ou alergias

Não são isolados os casos de pessoas que relatam desconfortos intestinais após o consumo de pimenta-do-reino em receitas. Principalmente para aqueles que gostam de apostar na pimenta, é preciso estar sempre atento à quantidade de tempero que está sendo adicionada no preparo da comida e ingerida durante a alimentação.

"A ingestão excessiva, além de causar sensibilidade, pode levar a uma alergia, assim como prender ou fazer mal para o intestino", alerta Carolina. Extrapolar no consumo da pimenta-do-reino pode resultar em azia, gases e dor na região da barriga. Em alguns casos, pode desenvolver ardência durante a defecação, surgimento de feridas e até hemorroida.

Pimenta-do-reino faz mal para pessoas com sensibilidade estomacal ou hemorroidas

De acordo com a nutricionista, a pimenta-do-reino não apresenta malefícios em casos regulares, somente se houver sensibilidade do indivíduo. Assim, é preciso fazer um acompanhamento das reações que o corpo apresenta após o consumo do tempero. Se você gosta de adicionar pimenta-do-reino às receitas e passou a sentir um desconforto após certo tempo de consumo, reduza ao máximo a quantidade de tempero para prevenir feridas e mal-estar.

Você sabia, por exemplo, que pimenta-do-reino faz mal para hemorroidas? Então se você já apresenta algum tipo de problema prévio, como a Síndrome do Intestino Irritável, é bom evitar a especiaria. "Não se deve fazer parte quando se tem alguma sensibilidade, dor estomacal ou hemorroida", afirma a Carolina.

Varie no uso de especiarias na hora de cozinhar para evitar possíveis desconfortos

O consumo excessivo da pimenta-do-reino pode levar o intestino a estabelecer algum tipo de resistência ou sensibilidade, a depender do corpo do indivíduo. Segundo a profissional, é fundamental variar o cardápio e o uso de temperos para evitar tal situação. "O ideal é que façamos sempre rodízio de condimentos e também de alimentos para que se não desenvolva resistência ou sensibilidade pelo excesso de consumo", indica.
 
     
 
 
ENVIE SUA RECEITA
AQUI EM NOSSO SITE!
 
 
         
HOME
GALENICA
PRODUTOS
Saúde e bem-estar
Beleza e estética
Fitness e nutrição
Emagrecedores
ATENDIMENTO
 
 
 
 
 
Razão Social: FARMACIAS GALENICA LTDA EPP
Licença Sanitária: nº 355030801-477-003189-1-4
Responsável Técnico: Hugo David Chaweles CRF: 44702

Copyright © 2020 - Todos os direitos reservados
Produzido por FrameSet
 
 
 
 
 
galenica@galenica.com.br
 
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1919
São Paulo/SP
 
Segunda a sexta,
das 8h às 19h
Sábado, das 9h às 13h